Menu

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Sou o que Sou.


Você me amarrou... Me imobilizou.
Então, abusou do jeito que quis.
Em minha pele, a vermelhidão dos teus castigos.
O lanhado arrancando gemidos de dor, misturado aos de prazer.
Na sequencia dos tapas, minha pele ardente e flamejante.
Nos ouvidos, falas obscenas do que sou .
Uma cadela desgrenhada, desmiolada, desvairada.
Uma masoquista sórdida em busca dos prazeres sem limites.
Subjugada pelas atrocidades do meu Dono.
Entregue as delirantes torturas que transformam a dor em tesão.
Pecado da carne... Impurezas do meu ser... Insanidade ???
Não penso em nada quando escuto, sua voz a me chamar.
Tuas ordens me tiram o controle, me tiram a razão.
Ao teu chamado, me coloco de quatro ou me rastejo.
Submissa, clamando pela tua desvairada insensatez.
Temerosa, ociosa, porém, avida pelos teus fetiches.
Infringe punições por meus deslizes na obediência.
Mesmo assim, me é por demais, prazeroso.
Castiga-me violentamente quando lhe provoco.
Mesmo assim, meus orgasmos vêm um atrás do outro.
Me judia com um prazer mórbido, nefasto, ao me violar.
Quebranta os meus limites abusando do que quiser.
Mesmo assim, meu mel escorre em abundância por minhas pernas.
Me pega de qualquer jeito e me usa com força.
Não pede, não pergunta, só chega e faz o que lhe der na cabeça.
Mesmo assim, me perco na vontade louca de servi-lo.
Faço de tudo para sentir o seu prazer em minha face.
O gosto do teu delírio descendo por minha garganta.
A tua respiração acelerada, na hora do teu prazer absoluto.
Quando se despede, é hora que vou me banhar.
Olho no espelho e vejo um trapo de mulher.
Usada, marcada, machucada e anestesiada.
Me sinto saciada, me sinto satisfeita e realizada.
É louco ??? É sinistro ??? É insano ou demente ???
Pouco me importa o que possam pensar.
É exatamente o que eu gosto... É o que eu quero.
Nas loucuras deste amor louco, cruel e desvairado que eu me realizo.
É isto que eu gosto !!! É isto que me realiza !!!
Sou vadia, safada e masoquista...
Sou tudo isto e gosto de ser assim !!!
O resto é o resto e pouco me importa...CMRS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário